www.leriasdebea.blogspot.com

Translate

xoves, 19 de maio de 2022

A ESCADA

 


Atopeite entre a leña

esquecida e inútil.

Fíxote o carpinteiro

Ramiro, meu pai.

Destinada ao lume,

salveite a tempo.

Fáltanche tres paus

que verei de atopar.

Percureiche un lugar

onde estarás a salvo

e termarás das flores

que adornan o porche.

Ninguén subirá por tí.

Descansarás no teu limbo

nesta nova vida que che dou

e serás lembranza e soño

que acompañe os meus días.




14 comentarios:

  1. Olá Beatriz,
    Há recordações que jamais se esquecem, momentos belos, que é bom sempre recordar.

    Lindo poema!

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Reciclar es lo más sabio. Por las escaleras y las flores.

    Un abrazo

    ResponderEliminar
  3. Amanhã é dia. Toda sexta-feira, por volta das 18h, eu vou em um barzinho aqui perto comemorar a vida. Lá eu tomo umas cervejas enquanto escuto as bobagens que falam nas outras mesas.
    Eu vou te levar lá, Bia.

    ResponderEliminar
  4. beautiful words to store nice memories...
    great images... love the flowers

    # Have a nice weekend

    ResponderEliminar
  5. Olá Beatriz,
    Passando por aqui, para desejar um feliz fim de semana, com muita saúde.
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Ola Bea! Un poema ben fermoso para unha escada ben creativa (e viceversa)!
    Que bonito reciclar os recordos e materializalos.

    Aperta,
    Iria

    ResponderEliminar
  7. Beatriz. Hiciste bien y lo debido. Restaurarla y darle una segunda oportunidad de vida. Es ideal para todas esas bellezas de flores tan finas y vivas. Las del porche son preciosas y las del suelo jardín también son alegres
    Abrazos con cariño.

    ResponderEliminar
  8. Belo poema! E as flores
    São, de veras, divinais
    Qual palavra de teus pais,
    Oh, querida Beatriz!
    Cada um é um aprendiz
    Da vida que é caminho
    Onde há rosa com espinho
    E cada uma com um matiz.

    Belíssima postagem! Parabéns. Abraço fraterno. Laerte

    ResponderEliminar
  9. Olá Beatriz,
    Passando por aqui, agradecendo a visita e gentil comentário no meu cantinho, e desejar uma excelente semana!
    Beijinhos.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Um poema bonito e muito ternurento.
    Abraço, saúde e uma boa semana

    ResponderEliminar
  11. Amiga Beatriz,
    É sempre um prazer ler tuas belas escritas, sempre com sentimentos tão latejantes.
    Beijos e boa semana!!!

    ResponderEliminar
  12. Me gustan tus ideas Sonrío cuando pienso en lo creativa que eres
    abrazos desde el calor de Miami

    ResponderEliminar
  13. Precioso poema a una bella escalera adornada con macetas de flores, estimada Beatriz. Me encantó. Un abrazo.

    ResponderEliminar

Grazas por comentar, por empatizar e por vir en son de paz.